passar a tocha para geração de Obama - Mundo - iG" /

Kennedy fala em passar a tocha para geração de Obama

O senador Edward Kennedy emocionou os democratas presentes à convenção partidária realizada na cidade de Denver, nesta segunda-feira, com um discurso no qual falou em passar a tocha para uma nova geração política, representada por Barack Obama. Kennedy, conhecido como Teddy, é um dos mais destacados líderes do Partido Democrata e participa das convenções realizadas por seu partido desde 1972.

BBC Brasil |

Mas havia dúvidas sobre sua presença no evento deste ano, visto que ele é portador de um tumor cerebral maligno.

''Eu vim aqui hoje à noite para me juntar a vocês e para a mudar a América, para resgatar o seu futuro e para que possamos cumprir nossos mais altos ideais e para elejamos Barack Obama presidente dos Estados Unidos'', afirmou o político de 76 anos de idade, que está no Senado desde 1962.

Saúde
O senador realizou uma cirurgia no dia 2 de junho para extrair o tumor. Com a exceção de uma aparição no Capitólio quando participou de uma sessão de votação, Kennedy não tem feito aparições públicas.

O veterano político se moveu com dificuldade quando chegou e se retirou do palco, tendo sido ajudado por sua sobrinha Caroline, que fez um breve pronunciamento antecendendo a entrada em cena do senador.

Kennedy aparentou tremor em sua mão direita, mas mostrou a mesma voz poderosa e capaz de eletrizar uma multidão, como em discursos célebres que fez no passado.

Seu pronunciamento foi recheado de palavras de esperança, até mesmo no que diz respeito à sua frágil saúde, mas ele também fez menções a preparar o terreno para uma nova fase de políticos de seu partido.

''Juntos, enfrentamos sucessos e contratempos...mas nunca perdemos nossa crença no chamado para criarmos um país melhor e um mundo novo. Eu me comprometo com vocês de que estarei no Senado em janeiro do mês que vem.''
''A tocha será passada novamente para uma nova geração de americanos'', acrescentou.

JFK x Obama
Kennedy, que foi um dos primeiros democratas de destaque a apoiar Obama, fez alusões a Obama e seu irmão, o presidente John Kennedy.

''Dizem-nos que Barack Obama acredita em demasia em uma América de elevados princípios. Mas quando John Kennedy falou em ir à Lua, ele não disse que ela ficava longe demais. Sim, nós americanos alcançamos a Lua, escalamos as alturas. Eu sei disso. Eu já vi acontecer e sei que pode acontecer de novo.''
Kennedy encerrou seu discurso com um chamado aos democratas: ''Começa um novo trabalho, a esperança ressurge novamente e o sonho segue vivendo''.

Ao final do pronunciamento, ele foi aplaudido de pé pelos delegados e ativistas democratas presentes ao Pepsi Center, que empunhavam cartazes com o seu nome.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG