Forbes - Mundo - iG" /

Katmandu é cidade mais vulnerável em caso de terremoto, diz Forbes

Nova York, 13 jan (EFE).- A capital do Nepal, Katmandu, é a cidade mais vulnerável do mundo no caso de um terremoto, segundo a revista Forbes, que publica hoje em sua edição digital uma lista de 20 locais na qual Porto Príncipe, no Haiti, não aparece.

EFE |

Segundo a lista, elaborada a partir de dados reunidos pelo grupo de pesquisa GeoHazards International, Katmandu é seguida por Istambul, na Turquia; Délhi, na Índia; Quito, capital do Equador; Manila, nas Filipinas; e as cidades vizinhas de Islambad e Rawalpindi, no Paquistão.

A capital do Haiti, Porto Príncipe, que sofreu na terça-feira os devastadores efeitos de um terremoto de 7 graus de intensidade na escala Richter cujo epicentro foi localizado a 15 quilômetros da cidade, não aparece na listagem da "Forbes".

Entre as cidades do mundo desenvolvido que aparecem na lista se encontram Tóquio, Nagóia e Kobe, todas no Japão.

Com ajuda das ONU e a partir de dados de 2001, o GeoHazards International elaborou um estudo para determinar o número aproximado de mortes que um terremoto de magnitude 6 ou superior na escala Richter poderia causar nas cidades mais vulneráveis.

Segundo seus cálculos, um terremoto dessa intensidade mataria 69 mil pessoas em Katmandu, 55 mil em Istambul, 38 mil em Délhi e 15 mil em Quito.

Também aparecem na lista da "Forbes" cidades latino-americanas como Santiago e Antofagasta, no Chile; Guayaquil, no Equador; Cidade do México e Tijuana, no México; e San Salvador, capital de El Salvador. EFE vm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG