Karzai promete que governo vai combater a corrupção no Afeganistão

CABUL - O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, prometeu neste domingo que tanto ele quanto seus ministros serão responsáveis perante o povo afegão no que diz respeito à corrupção.

EFE |

"Eles (os ministros) serão responsáveis no referente à corrupção e qualquer outro assunto. Serei responsável perante a nação afegã para prevenir ou acabar com o problema", disse Karzai, em entrevista coletiva emitida pelo canal público "RTA".

Karzai deu a entrevista ao lado do primeiro-ministro belga, Yves Leterme, que está em visita no Afeganistão, apenas um dia após apresentar ao Parlamento - para aprovação - uma lista com 23 dos 25 membros que comporão seu novo gabinete.

A lista é marcada pela continuidade na maioria dos ministérios principais, como Defesa, Interior, Finanças, Educação e Agricultura, mas incorpora oito novos nomes e deixa vazia a pasta de Exteriores.

"Tentei fazer do gabinete um espelho do povo, para que todos os afegãos possam se ver em seu gabinete", afirmou Karzai.

O Parlamento iniciou neste domingo, a portas fechadas, suas sessões para a aceitação ou rejeição dos candidatos propostos por Karzai, um processo que pode durar várias semanas e que, em teoria, inclui discursos dos indicados na Câmara.

Karzai renovou seu mandato há um mês, após se proclamar vencedor das eleições presidenciais, mas o processo esteve marcado por irregularidades. As potências estrangeiras exigem uma ação mais decidida contra a corrupção.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG