Cabul, 25 ago (EFE).- O Governo afegão, presidido por Hamid Karzai, decidiu hoje revisar a presença de tropas internacionais no país e regular suas responsabilidades por meio de um acordo, e exigiu o fim de todos os bombardeios contra alvos civis.

"A presença da comunidade internacional no Afeganistão deve ser revisada por meio de um acordo mútuo", diz um comunicado do Governo afegão, que se reuniu para debater a morte de 90 civis na sexta-feira passada em um bombardeio da coalizão americana na província de Herat (oeste). EFE lo/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.