Karzai diz que guerra contra terrorismo não se ganha só pela via militar

Cabul, 1º jun (EFE).- O presidente afegão, Hamid Karzai, disse hoje que a guerra contra o terrorismo não pode ser vencida unicamente com meios militares e reiterou que seu Governo está tentando alcançar a paz por meio de negociações com alguns afegãos que se uniram à insurgência talibã.

EFE |

O presidente deu tais declarações em entrevista coletiva conjunta em Cabul ao término de sua reunião com o primeiro-ministro belga, Herman Van Rompuy, que está em visita oficial ao Afeganistão.

Segundo Karzai, os que não fazem parte da rede internacional Al Qaeda ou de grupos terroristas controlados por estrangeiros são "bem-vindos" e as autoridades estão dispostas a iniciar conversas com eles.

Karzai, que pretende se reeleger no pleito presidencial de agosto, já manifestou em diversas ocasiões que os setores da insurgência que não fazem parte de sua cúpula devem ser atraídos pelas forças democráticas para debilitar os talibãs.

Já o primeiro-ministro belga assegurou que a estabilização do Afeganistão tem uma "importância estratégica" para a comunidade internacional.

Atualmente, há 600 soldados belgas presentes em território afegão dentro da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). EFE lo-mb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG