Belgrado, 22 jul (EFE).- O suposto criminoso de guerra servo-bósnio Radovan Karadzic, detido na segunda-feira na Sérvia, vivia e trabalhava com identidade falsa em Belgrado, informaram hoje as autoridades sérvias.

EFE sn/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.