Karadzic se apresenta diante do juiz em Haia

HAIA - O ex-chefe político dos sérvios-bósnios Radovan Karadzic pediu nesta quinta-feira o prazo de 30 dias para se declarar culpado ou inocente ante o Tribunal Penal Internacional (TPI) para a antiga Iugoslávia.

Redação com agências internacionais |

Karadzic, de 63 anos, declarou que o juiz Alphons Orie "compreende perfeitamente" sua posição ao se negar a se declarar culpado ou inocente nesta quinta-feira, durante esta primeira audiência.

O juiz fixou, então, uma nova data. "Decido programar um novo comparecimento ante a sala em 29 de agosto às 14h15", declarou o juiz Orie.

Karadzic se apresentou sem advogados e, assim como Milosevic, que morreu sob custódia em 2006, meses antes do veredicto, afirmou que pretende defender a si mesmo, decisão que pode prolongar o julgamento.

Ele foi à corte depois de passar a primeira noite numa cela do centro de detenção do tribunal de crimes de guerra da ONU, em Haia.


Karadzic chega ao tribunal escoltado por policiais / Reuters

Desde que foi preso, em Belgrado, ele cortou a barba e os cabelos longos que o disfarçaram durante os anos em que fingiu ser um médico alternativo.

O comportamento de Karadzic, uma figura exagerada quando esteve no poder, vai indicar se repetirá a forma violenta como o ex-presidente sérvio Slobodan Milosevic se portou na mesma corte.

Quem é Radovan Karadzic?

Radovan Karadzic foi indiciado por planejar o massacre de cerca de oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica e pelos 43 meses de cerco a Sarajevo, onde mais de 11 mil pessoas morreram em virtude dos bombardeios, disparos de franco-atiradores, desnutrição e falta de atendimento médico.

Pouco se sabe sobre o que o ex-líder fez nos anos que ficou foragido. Relatos nunca confirmados dão conta de que se disfarçou de padre ortodoxo e morou em monastérios, levando uma vida secreta sob a proteção de nacionalistas radicais presentes no Exército e na polícia.

Nos últimos anos, passou a viver na capital sérvia usando um nome falso, fingindo ser um praticante de medicina alternativa e usando barba longa, cabelo comprido e óculos grossos para esconder o rosto. Muitos nacionalistas consideram-no um herói vitimado pela propaganda anti-Sérvia.

Leia mais sobre: Radovan Karadzic

    Leia tudo sobre: radovan karadzic

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG