Karadzic comparecerá amanhã pela primeira vez ao TPII

Haia, 30 jul (EFE).- O ex-líder servo-bósnio Radovan Karadzic comparecerá amanhã pela primeira vez ao juiz do Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII) Alphons Orie, às 11h (de Brasília).

EFE |

Segundo um comunicado do Tribunal, nesta sessão o juiz lerá as acusações contra Karadzic, e ele terá o direito a se declarar culpado ou inocente.

Karadzic chegou hoje às dependências penitenciárias do Tribunal após ser trasladado em helicóptero do aeroporto de Roterdã.

A porta-voz Olga Kavran disse à Agência Efe que Karadzic "chegou à prisão de Scheveningem quando foi emitido um comunicado sobre o assunto", o aconteceu às 7h50 (2h50 de Brasília).

O avião que levou o ex-líder político servo-bósnio decolou às 4h20 (23h20 de terça-feira em Brasília) do aeroporto de Belgrado, para onde foi trasladado após deixar as dependências judiciais onde estava detido desde sua detenção, no último dia 21, segundo fontes sérvias.

Um comboio de quatro veículos 4x4 partiu do Tribunal de Belgrado às 3h45 (22h45 de terça-feira em Brasília) ao aeroporto da capital sérvia, de onde viajou a Roterdã, aonde chegou às 6h30 (1h30 de Brasília).

O ex-líder servo-bósnio já expressou mediante seus advogados sua intenção de se defender sozinho no TPII, mas com o auxílio de uma equipe de assessores.

Karadzic foi detido pelos serviços de inteligência sérvios nas proximidades de Belgrado, onde vivia sob identidade falsa e se dedicava à medicina alternativa.

O ex-presidente dos sérvios da Bósnia é acusado pelo TPII do genocídio e outros crimes contra a humanidade cometidos durante a guerra da Bósnia. EFE mr/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG