Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Karadzic acusa Holbrooke de querer liquidá-lo

O ex-líder político dos sérvios da Bósnia Radovan Karadzic acusou o negociador norte-americano Richard Holbrooke de querer liquidá-lo, em um documento difundido nesta sexta-feira pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) para a ex-Iugoslávia.

AFP |

"Incapaz de cumprir seus compromissos em nome dos Estados Unidos, ele (Holbrooke) passou para o plano B: a liquidação de Radovan Karadzic", indicou o acusado no documento.

O ex-líder político afirmou também que Holbrooke lhe prometeu que não seria "julgado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI)" para a ex-Iugoslávia, indicou em uma carta divulgada nesta sexta-feira.

"Em 1996, em nome dos Estados Unidos, Richard Holbrooke fez uma oferta aos ministros e homens de Estado que eram meus representantes autorizados (...) comprometendo-se em nome dos Estados Unidos a fazer com que eu não fosse julgado por este Tribunal" (o TPI), disse Radovan Karadzic em seu documento.

Trata-se ao que parece da declaração escrita que o acusado tinha a intenção de ler em sua apresentação inicial na quinta-feira, o que o juiz Alphons Orie impediu.

gdh/dm

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG