Kadhafi: Ben Ali continua sendo o presidente legal da Tunísia

Pra líder líbio, a Tunísia "sofreu uma grande perda" ao afastar Ben Ali do poder

AFP |

O líder líbio Muammar Kadhafi afirmou neste sábado que Zine El Abidine Ben Ali continua sendo o presidente legal da Tunísia e lamentou que tenha deixado o país, em um discurso difundido pela imprensa estatal.

"Vocês sofreram uma grande perda (...) Não há ninguém melhor do que Zine para governar a Tunísia", declarou o líder líbio."Não espero que fique até 2014, e sim para toda a vida. Ele é ainda o presidente da Tunísia", concluiu.

Ben Ali, que está na Arábia Saudita, foi afastado do poder na Tunísia de forma definitiva neste sábado, por decisão do Conselho Constitucional, com o presidente do Parlamento, Foued Mebazaa, proclamado presidente interino, anunciou a agência oficial TAP.

Ben Ali, no poder há 23 anos, abandonou a Tunísia na sexta-feira, após protestos sem precedentes contra seu regime.Reeleito para un quinto mandato em outubro de 2009, com cerca de 90% dos votos, Ben Ali enfrentava uma crescente oposição, que degenerou em protestos nas ruas desde dezembro passado.Ben Ali tentou, primeiro, reprimir os protestos com violência e, depois, com promessas econômicas e até políticas, optando finalmente por deixar o país.bur/cn

    Leia tudo sobre: LíbiaTunísiapolíticaviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG