Justificativa para presença militar no Afeganistão não convence britânicos

Londres, 16 mar (EFE).- Uma pesquisa da emissora Radio 5 Live, do grupo BBC, revelou que 60% dos britânicos não estão convencidos dos argumentos do Governo para justificar a presença militar do Reino Unido no Afeganistão.

EFE |

Segundo a sondagem, apenas 35% dos entrevistados consideram justificada até certo ponto a presença de tropas britânicas no país asiático.

O ceticismo é especialmente grande entre os britânicos com mais de 70 anos, 70% dos quais não consideram válidos os argumentos do Governo.

Já entre os entrevistados com idades entre 25 e 34 anos, 49% se disseram "não convencidos" pelos argumentos do Governo.

Ao mesmo tempo, 72% dos ouvidos na pesquisa acham que deveria haver uma investigação independente, como reivindica a oposição, sobre o papel do Reino Unido na invasão do Iraque junto com os Estados Unidos em 2003.

No ano passado, o Governo de Gordon Brown frustrou as tentativas dos conservadores de forçar uma investigação pública, ao argumentar que representaria uma distorção dada a permanência de forças britânicas no país. EFE jr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG