Justiça solta italiano detido por beijar filha na boca em Fortaleza

Redação Central, 10 set (EFE).- A Justiça do Ceará concedeu hoje liberdade provisória ao italiano detido há uma semana acusado de acariciar e beijar na boca a filha de 8 anos em um hotel de Fortaleza.

EFE |

O italiano, que desde terça-feira está internado em um hospital após sofrer uma crise de hipertensão, poderá retornar a seu país e esperar lá pelo julgamento, segundo decretou a juíza Cristiane Maria Martins Pinto de Faria, do Tribunal de Justiça do Ceará.

O homem, cuja identidade não foi divulgada, foi detido depois que turistas o denunciaram por beijar na boca sua filha e acariciá-la com o que entenderam ser atos obscenos.

A própria mulher do turista, de nacionalidade brasileira, negou as acusações e alegou que o comportamento de seu marido é típico na Itália e que as carícias são as normais de um pai para com os filhos.

Caso seja considerado culpado de abuso sexual de sua própria filha, o italiano pode ser condenado a entre oito e 15 anos de prisão. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG