Justiça põe sob tutela bebê belga vendido a holandeses pela Internet

O bebê belga Jayden, vendido pelos pais biológicos a um casal holandês em julho passado, por um anúncio na Internet, será entregue provisoriamente a uma família de guarda, informou a Justiça holandesa nesta quinta-feira.

AFP |

"O tribunal aceitou a petição do Conselho para a Proteção da Infância de pôr o bebê sob guarda provisória", disse o presidente Willem Miltenburg, ao término de uma audiência a portas fechadas do tribunal de Zwolle (nordeste da Holanda).

"O bebê será entregue a uma família de guarda provisória", em uma data não especificada e, depois, "será encontrada uma solução definitiva", destacou o Conselho, em uma nota.

O casal belga, que já tem um filho e atravessa dificuldades econômicas, colocou um anúncio em um site, vendendo seu bebê por algo entre 5.000 e 10.000 euros.

A resposta veio de um casal holandês, que não pode ter filhos. Após contato, chegou-se a um acordo para a entrega da criança.

A emissora de TV flamenga VTM informou que os pais biológicos desejam recuperar o filho e puseram o caso nas mãos de um advogado para recorrer ao Ministério belga de Justiça.

Na terça-feira, a Procuradoria de Zwolle pediu à polícia holandesa a abertura de uma investigação.

gdh-axr/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG