Justiça passa controle de bens de Michael Jackson a advogado

Um juiz de Los Angeles concedeu o controle temporário dos bens de Michael Jackson ao ex-advogado do cantor John Branca e ao executivo de música John McClain nesta terça-feira, depois que um testamento de sete anos veio à tona. Na semana passada, quatro dias após a morte do astro da música, a Justiça havia passado o controle sobre os bens de Michael Jackson à sua mãe, Katherine Jackson, uma das principais beneficiárias de seu testamento, junto aos três filhos do cantor.

BBC Brasil |

O testamento, no entanto, aponta Branca e McClain como co-executores. Branca havia sido recontratado por Michael Jackson apenas algumas semanas atrás.

O advogado de Katherine Jackson já expressou preocupação pela decisão da Justiça.

Os bens sob controle de Branca e McClain â¿ estimados em meio bilhão de dólares - incluem o rancho do cantor, Neverland, e os direitos sobre um catálogo de músicas que inclui vários artistas, entre eles os Beatles.

Funeral
O funeral do cantor deverá ser realizado nesta terça-feira, em uma cerimônia "privada", apenas para a família, em um cemitério de Los Angeles.

A polícia confirmou que o evento vai ocorrer no cemitério Forest Lawn, mas ainda não foi confirmado se o cantor será enterrado no local.

Uma outra cerimônia em memória a Michael Jackson será realizada algumas horas depois no ginásio esportivo Staples Center, com a presença de 11 mil pessoas, entre elas 8.750 fãs sorteados aleatoriamente.

Outras 6.500 pessoas foram sorteadas para acompanhar o evento em um telão, em um teatro próximo ao local.

Entre os convidados para a cerimônia estão os cantores Mariah Carey, Lionel Ritchie, Smokey Robinson e Stevie Wonder.

Os fãs sorteados começaram a recolher seus ingressos e passes nesta segunda-feira, e horas depois alguns ingressos já estariam à venda no mercado negro.

O Departamento de Polícia de Los Angeles se prepara para multidões e pediu às pessoas que fiquem em casa e vejam a cerimônia pela TV.

As estimativas são de que 70 mil pessoas compareçam à região para tentar chegar perto do estádio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG