brasiguaios - Mundo - iG" /

Justiça paraguaia cobra do Brasil provas de violência contra brasiguaios

O ministro do Interior paraguaio, Rafael Filizzola, solicitou nesta quinta-feira ao Brasil que apresente denúncias concretas da suposta violência praticada no Paraguai contra os colonos conhecidos como brasiguaios, para que o governo local possa investigar.

AFP |

"Se (o chanceler Celso) Amorim tem questionamentos a fazer, que o faça pela embaixada. Que não faça questionamentos generalizados como o fez. Eu o desafio a apresentar caso por caso seus questionamentos", afirmou aos jornalistas o secretário de Estado.

"O chanceler não apresentou casos concretos, só fez afirmações generalizadas", enfatizou.

Amorim expressou recentemente sua preocupação com a situação dos "brasiguaios", supostamente vítimas de agressões por agricultores sem-terra, de acordo com um relatório divulgado.

O titular do Itamaraty disse que esses pequenos agricultores constituem uma ameaça para seus compatriotas com propriedade no Paraguai.

Filizzola acrescentou que o governo brasileiro não pode desconhecer a existência dos "sem-terra", já que eles também viveram e continuam vivendo problemas similares aos do Paraguai".

"O governo está atuando com muita firmeza para preservar os direitos constitucionais e o direito à propriedade privada, dando, inclusive, proteção (uniformizada) aos processos de semeadura e colheita", enfatizou.

Insistiu, por último, que, no Paraguai, "se garante o direito à propriedade privada a paraguaios e estrangeiros".

Depois da posse do ex-bispo católico Fernando Lugo, um simpatizante da teologia da libertação e dos governos de esquerda, como presidente do Paraguai em 15 de agosto de 2008 foram intensificadas no Paraguai as invasões de propriedade por camponeses organizados.

Seus líderes afirmam que milhares de hectares fiscais que pertenciam ao Estado e que deviam ser transferidos a lavradores através da reforma agrária foram arrematados por funcionários corruptos e vendidos a grandes agroexportadores, geralmente brasileiros, que se dedicam ao cultivo da soja.

Com os cultivos maciços de soja, especialmente desde os anos 70, o Paraguai é atualmente o quarto produtor mundial desta matéria-prima.

hro/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG