Huntsville (Texas), 7 ago (EFE).- Um tribunal de apelações do Texas se recusou hoje a pedir ao governador Rick Perry que altere a pena de morte do hondurenho Heliberto Chi, razão pela qual apenas a Suprema Corte pode agora evitar a execução do condenado, marcada para hoje.

O imigrante, consciente de que suas chances de se livrar da morte praticamente se esgotaram, pediu força e tranqüilidade à sua família, com a qual esteve reunido por quatro horas, disse seu primo, Edgardo Reyes, à agência Efe. EFE pg/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.