Justiça israelense arquiva uma das acusações a Olmert por falta de provas

Jerusalém, 4 dez (EFE).- O procurador-geral de Israel, Moshé Lador, anunciou hoje ao primeiro-ministro, Ehud Olmert, o arquivamento da investigação contra ele por suspeita de interferência na privatização do Banco Leumi a fim de beneficiar a um empresário amigo.

EFE |

O Ministério da Justiça informou em comunicado que o caso se arquiva "por falta de provas".

De acordo com os indícios averiguados, "o modo com que Olmert se comportou neste caso indica que sua participação nos eventos foi pequena", diz a sentença de Lador.

A decisão vai de acordo às recomendações que a Polícia fez há um ano à Procuradoria, após interrogar em duas ocasiões o chefe de Governo por este caso.

Olmert era suspeito de haver aproveitado sua posição como ministro da Indústria e Comércio no Gverno de Ariel Sharon, entre 2003 e 2005, para favorecer um negociante amigo, o australiano Frank Lowy, na privatização do banco Leumi, um dos maiores de Israel.

Apesar da decisão de hoje, o primeiro-ministro ainda pode acabar nos tribunais por suspeita de duplicação de faturas em suas viagens.

O assessor jurídico do Poder Executivo, Menachem Mazuz, convocou Olmert no último dia 26 para uma audiência preliminar, aparentemente como passo prévio a fim de apresentar acusações contra ele.

Acossado por vários escândalos de corrupção, Olmert renunciou ao cargo em setembro, por isso o exerce de forma interina até que seja escolhido o novo Governo nas eleições de 10 de fevereiro.

"Foi mais prudente esperar pacientemente antes de declará-lo (a Olmert) culpado sem rodeios. O primeiro-ministro tem certeza de que os demais casos contra ele acabarão da mesma forma", declarou após saber do arquivamento o diretor de comunicação do governante, Amir Dan.

Ao longo de suas três décadas de trajetória na vida política, Olmert foi suspeito de vários crimes de corrupção e fraude, mas nunca até agora foi levado a julgamento. EFE ap/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG