Justiça holandesa condena homens que transmitiram HIV durante orgia

Haia, 12 nov (EFE).- O Tribunal de Groningen (Holanda) condenou dois homens que teriam transmitido o vírus HIV a cinco pessoas durante uma orgia.

EFE |

As penas foram de nove e cinco anos. Portadores da doença, os réus eram acusados de injetar o próprio sangue em cinco homens.

Já um terceiro homem foi condenado a 18 meses, mas ficará em liberdade. Isto porque o tempo passado em prisão preventiva supera a pena imposta.

O Tribunal optou por dar penas inferiores a 15 anos para os dois principais acusados por considerar que não ficou provado que o contágio ocorreu por meio das aplicações.

A Justiça informou que as vítimas costumavam manter relações homossexuais deste tipo de forma esporádica e, portanto, já poderiam estar contaminadas antes das orgias.

Os dois principais réus usavam a internet para recrutar parceiros. Nos encontros ocorridos entre junho de 2006 e abril de 2007, ofereciam drogas e injetavam seu sangue contaminado. EFE mr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG