Justiça espanhola investigará conexões entre ETA e Farc

A justiça espanhola investigará as conexões entre a organização separatista aramada basca ETA e a guerrilha colombiana das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

AFP |

Eloy Velasco, juiz da Audiência Nacional, principal instância judicial espanhola, deferiu o trâmite do processo da promotoria contra as Farc em função da informação que se obteve do computador de Raúl Reyes, número dois das Farc, que morreu numa operação contra essa organização no Equador em março passado.

A promotoria da Audiência Nacional pediu há duas semanas a investigação desta conexão, baseando-se em informações de diferentes meios de comunicação e nos dados do computador do número dois das Farc.

A colaboração entre a ETA e as Farcs data de 1993, segundo a promotoria, que descreve as atividades da ETA realizadas com explosivos e armas na selva colombiana, segundo documentos apreendidos em 1999 e a descoberta de explosivos similtares aos utilizados pela ETA em 2002.

str-esb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG