Justiça encerra de vez briga de Britney e ex-marido pelos filhos

A cantora americana Britney Spears e seu ex-marido, o dançarino Kevin Federline, encerraram o processo pela guarda dos filhos do casal, após a confirmação, nesta sexta-feira, de um acordo amistoso por parte de um juiz em Los Angeles, graças ao qual Kevin ficará com as crianças.

AFP |

Com a assinatura do juiz Scott Gordon, chega ao fim uma amarga disputa judicial de quase um ano, confirmou à AFP uma porta-voz da Corte Superior de Los Angeles.

Embora os detalhes não tenham sido divulgados, prevê-se que o acordo seja similar ao divulgado em 18 de julho, quando os advogados de Britney, de 26, e Federline, de 30, anunciaram o fim da batalha legal.

Nesse dia, a advogada da cantora, Laura Wasser, disse aos jornalistas na Corte Superior de Los Angeles, que, segundo o acordo, o pai ficaria com a guarda definitiva de Sean Preston, de 2 anos, e Jayden James, de 1.

"Britney e Kevin encontraram uma maneira de trabalhar juntos como pais, e as crianças vão se beneficiar, graças a isso", comentou Laura, nesse mesmo dia, descrevendo o acordo como uma "vitória para toda a família".

O site especializado em celebridades TMZ.com anunciou nesta sexta que Federline conseguiu um aumento da pensão que será paga por Britney, que pulou de 15.000 para 20.000 dólares por mês.

A cantora deve manter os direitos de visita, que poderão se ampliados mais à frente. Atualmente, Britney pode visitar os filhos duas vezes por semana, com direito a uma estada noturna. Seus direitos de visita foram restringidos, de forma severa, este ano, em função dos problemas pessoais da cantora e dos temores sobre sua saúde mental.

pb/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG