A batalha jurídica sobre o destino dos elefantes circenses chegou a seu fim depois de oito anos de procedimentos ante um tribunal federal de Washington, onde os circos tentavam se defender das acusações de maus-tratos.

A justiça marcou para depois de maio a decisão que tomará contra os acusados.

O processo contra os circos Ringling Bros e Barnum & Bailey e a associação de circos Feld Entertainment Inc foi aberto por organizações de defesa dos animais, entre elas o Instituto para o Bem-Estar Animal (AWI) e a Associação Americanas para a Preveção da Crueldade contra os Animais (ASPCA).

Os defensores dos direitos dos animais acusam os circos de agredir e ferir seus elefantes oriundos da Ásia, uma espécie protegida.

vmt/chv/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.