Sexta-feira - Mundo - iG" /

Justiça da Itália proíbe pais de batizar filho de Sexta-feira

A Suprema Corte da Itália proibiu que um casal de italianos batizasse o seu filho com o nome de Venerdì, que significa sexta-feira em italiano. A Alta Corte do país tomou a decisão com base em uma lei italiana que proíbe os pais de dar nomes considerados ridículos ou constrangedores aos seus filhos.

BBC Brasil |

Os pais argumentaram que, assim como muitas celebridades, que costumam dar nomes esdrúxulos aos seus filhos, eles também deveriam ter o direito de escolher livremente o nome que quisessem.

A Suprema Corte decidiu que o nome 'Sexta-feira' poderia expor o menino a situações ridículas.

Além disso, os juízes acreditam que o nome remete ao personagem do romance clássico Robinson Crusoe, de Daniel Defoe, caracterizado por "sua subserviência e inferioridade".

Os juízes ainda obrigaram os pais a rebatizar a criança de Gregório, nome do santo homenageado no aniversário da criança.

"Nós vamos continuar chamando ele de Venerdi", disse a mãe da criança ao jornal italiano Corriere della Sera. Os pais estudam até a possibilidade de chamar o próximo filho de Mercoledì ('quarta-feira' em italiano).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG