Bogotá, 12 jan (EFE).- O procurador-geral da Colômbia, Alejandro Ordóñez, pediu hoje à Corte Constitucional do país para que declare como executável a lei do referendo que permitiria ao presidente colombiano, Álvaro Uribe, disputar uma segunda reeleição no pleito de maio.

EFE ocm/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.