Justiça conclui investigação sobre escândalo político na França

Paris, 3 jul (EFE).- A Justiça concluiu a investigação do escândalo Clearstream, uma trama supostamente destinada a criar dificuldades, em 2004, às ambições presidenciais do então ministro e agora Presidente francês, Nicolas Sarkozy.

EFE |

Segundo fontes judiciais, os dois juízes instrutores notificaram o fim das investigações aos acusados, após terem interrogado de novo, dois dias atrás, um dos cinco denunciados, o ex-primeiro-ministro francês Dominique de Villepin.

Os acusados terão três meses para pedir atos adicionais de investigação aos magistrados, antes de a Promotoria apresentar sua precatória.

Os dois juízes instrutores terão a última palavra na hora de decidir se eles deverão sentar no banco do Tribunal Correcional.

Os dois juízes - Jean-Marie d'Huy e Henri Pons - haviam concluído suas investigações em fevereiro, mas a Promotoria pediu no mês passado que eles fizessem outras, complementares, sobre o suposto envolvimento de Villepin.

Villepin, que é acusado de ser cúmplice de uma denúncia caluniosa, ressaltou várias vezes sua inocência na trama de falsas listas de personalidades que teriam se beneficiado da cobrança de comissões ilegais.

O nome de Sarkozy e de outros políticos ou industriais franceses foram inseridos falsamente nessas listas, em uma manobra supostamente destinada a desestabilizar o atual presidente da França.

A Promotoria pediu em junho aos dois magistrados que fizessem uma investigação adicional a fim de determinar se Villepin, que na época era ministro, teria conhecimento da falsificação das listas quando foram enviadas à Justiça, em 2004.

Além de Villepin, também são acusados o técnico de informática Imad Lahoud, suspeito de falsificar as listas, o ex-vice-presidente do grupo europeu EADS Jean-Louis Gergorin, que as enviou a um juiz, o ex-auditor Florian Bourges e o jornalista Denis Robert, suspeitos de terem a lista em mãos. EFE al/fh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG