Justiça aprova filme com últimos ensaios de Michael

Los Angeles, 10 ago (EFE).- A Corte Superior do condado de Los Angeles aprovou hoje a realização de um filme com os últimos ensaios gravados por Michael Jackson como parte de sua preparação para os shows que iria fazer em Londres no mês passado.

EFE |

O acordo entre a empresa AEG Live, os estúdios Columbia Pictures e os dois executivos nomeados por Michael em seu testamento para administrar seus bens foi firmado pelas partes na semana passada, mas ainda precisava da aprovação judicial.

O juiz Mitchell Beckloff autorizou hoje o projeto depois de os advogados da mãe do "rei do pop", Katherine Jackson, herdeira junto com os filhos do artista de 80% dos ativos do cantor, não apresentar oposição à produção do filme.

Entretanto, os herdeiros foram contra o contrato fechado entre a AEG Live e a companhia de produtos promocionais Bravado, pelo qual esta última firma obtém o controle da exploração do marketing em nível mundial.

O filme utilizará parte das 100 horas de imagens que a AEG Live registrou durante os ensaios de Michael em Los Angeles dias antes de sua morte. Foi proibido o uso de qualquer material que mostre aspectos negativos do cantor.

A produção terá censura livre, mas haverá uma recomendação para que o público infantil receba orientação dos pais ao assistirem ao filme.

Uma versão final da produção será exibida em caráter privado aos gerenciadores do patrimônio do cantor, John Branca e John McClain, em outubro. Ainda não há uma data para a estreia pública do filme.

O acordo inclui também o lançamento de um disco com a trilha sonora do filme, assim como duas edições especiais em DVD.

A Columbia Pictures pagou US$ 60 milhões pelos direitos para fazer o filme. O patrimônio de Michael ficará com 90% dos lucros da produção. EFE fmx/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG