Justiça americana reverte sentença contra iemenitas condenados por terrorismo

Um tribunal federal de Nova York anunciou que reverteu a condenação de dois iemenitas processados nos Estados Unidos há vários anos por suposto apoio à rede terrorista Al-Qaeda.

AFP |

O tribunal de apelações do segundo circuito informou que revirteu na quinta-feira as condenações a 75 anos e 45 anos de prisão, respectivamente, anunciadas em 2005 contra Sheik Mohammed Ali Al Moayad e Mohammed Zayed.

De acordo com a decisão, os dois homens, que foram presos na Alemanha em 2003 e extraditados aos Estados Unidos, foram transferidos para a jurisdição de outro juiz e poderão ser julgados novamente.

O tribunal considerou que Al-Moayad, 60 anos, e Zayed, 34, foram condenados por respaldar financeiramente a Al-Qaeda e o grupo palestino Hamas com base em depoimentos de terceiros "altamente inflamatórios e irrelevantes" que influenciaram negativamente o júri.

ltl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG