O júri de uma nova investigação realizada pela Justiça britânica sobre a morte da princesa Diana e de seu namorado, Dodi al-Fayed, concluiu nesta segunda-feira que os dois foram vítimas de homicídio. O inquérito afirma que o acidente que matou os dois foi causado por negligência ao volante por parte do motorista da princesa e dos paparazzi que a perseguiam.

A nova investigação sobre a morte de Diana e Fayed, em um acidente de carro em Paris em agosto de 1997, teve início há seis meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.