Um dos jurados do programa de calouros Britains Got Talent, Piers Morgan, defendeu a cantora Susan Boyle após relatos de que ela teria xingado dois jornalistas no hotel onde está hospedada em Londres.

A cantora-sensação teria perdido a paciência com os repórteres , que a teriam provocado verbalmente. Um policial que passava pelo local acabou intervindo na confusão.

Reprodução
Susan Boyle

Susan Boyle discute em rua de Londres

Ainda segundo os relatos, a cantora teria proferido xingamentos diante de um televisor do hotel após ver que Morgan havia elogiado uma de suas rivais, o cantor mirim Shaheen Jafargholi, de 12 anos.

Em entrevista à rádio britânica LBC 97.3, o jurado disse que Boyle estava "em um mar de lágrimas" e com "nervos à flor da pele".

Ele descreveu a cantora como "extremamente doce e gentil" e disse ao jornalista Nick Ferrari que ela "estava lutando para aguentar a pressão da fama".

"Qualquer pessoa que tenha passado por essa transformação estaria sentindo uma enorme pressão", disse Morgan.

Susan Boyle se tornou uma celebridade mundial depois que sua primeira apresentação no programa britânico, há menos de dois meses, tornou-se um dos vídeos mais vistos na história no site YouTube, com 58 milhões de visitas. A final do show de calouros acontece neste sábado.

"Ela sabe que tudo dependerá de sua apresentação no sábado. Já na semi-final foi possível ver como ela estava com os nervos à flor da pele".

Leia mais sobre: Susan Boyle

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.