Junta militar mantém presos cinco ministros do governo deposto no Níger

Cinco ministros do governo do presidente Mamadou Tandja, derrubado em um golpe de Estado na quinta-feira, permanecem sob poder da junta militar, que garantiu ter libertado todos, informou o porta-voz do antigo partido no poder, o MNSD.

AFP |


"Há cinco ministros que continuam detidos pela junta, provavelmente em Niamey", afirmou Issoufou Tamboura, diretor de comunicação do Movimento Nacional para a Sociedade de Desenvolvimento (MNSD).

No sábado, um dos homens fortes da junta anunciou que os membros do governo detidos durante o golpe de Estado estavam em liberdade.

O Conselho Supremo para a Restauração da Democracia (CSRD, junta) derrubou o presidente Tandja após confrontos armados ao redor do palácio presidencial. Os militares dissolveram o governo e suspenderam a polêmica Constituição, aprovada em agosto 2009 para permitir a permanência de Tandja no poder.

Leia mais sobre golpe no Níger

    Leia tudo sobre: golpenígeráfrica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG