Junta de Guiné nomeia civil como primeiro-ministro

A junta militar que governa Guiné desde 23 de dezembro, quando aplicou um golpe de Estado, nomeou nesta terça-feira um civil, o banqueiro Kabiné Komara, como primeiro-ministro.

AFP |

"É nomeado primeiro-ministro, chefe de Governo, Kabiné Komara, que já trabalhou no Banco Africano de Importação e Exportação no Egipto", afirma um comunicado lido na rádio nacional.

Os sindicatos que convocaram protestos contra o presidente Lansana Conté em janeiro e fevereiro de 2007 já haviam proposto o nome de Komara para o posto de premier.

No entanto, o presidente Conté, falecido em 22 de dezembro e sucedido pela junta golpista, optou por Lansana Kouyaté.

bm-cpy/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG