forte - Mundo - iG" /

Juncker pede que Estados Unidos apóiem dólar forte

O chefe dos ministros das Finanças da Eurozona, Jean-Claude Juncker, fez um apelo nesta terça-feira aos Estados Unidos para que o país apóie um dólar forte e evite se acomodar com a desvalorização da moeda.

AFP |

Na Europa, "gostamos desta frase", muito repetida pelas autoridades americanas, que "diz que um dólar forte é do interesse da economia americana", declarou Juncker no Parlamento Europeu em Bruxelas.

No entanto, continuou, "devo ressaltar que ultimamente não temos escutado esta frase, e gostaria de ouvi-la nos próximos dias".

Juncker é primeiro-ministro de Luxemburgo e preside o grupo de 16 ministros das Finanças da zona do euro.

O dólar se depreciou fortemente nos últimos meses em relação ao euro, sem que o Federal Reserve (Fed) ou a administração de Barack Obama tentassem corrigi-lo.

Para muitos economistas, os Estados Unidos estão satisfeitos com a desvalorização do dólar, que estimula as exportações de produtos americanos e ajuda na recuperação da economia.

Para os europeus, no entanto, um dólar barato significa um euro caro, e isso prejudica as exportações do continente.

ylf-app/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG