jurado detetive - Mundo - iG" /

Julgamento é suspenso por causa de jurado detetive

Um juiz suspendeu um julgamento na cidade de Newcastle, no norte da Inglaterra, depois que um jurado admitiu estar conduzindo sua própria investigação sobre o caso de assassinato. Dale Paterson, de 18 anos, estava sendo julgado pela morte do motorista de táxi, Raymond Quingley, de 71 anos, que sofreu um ataque cardíaco fatal durante um briga sobre o pagamento da tarifa, quando um jurado despertou suspeita.

BBC Brasil |

Durante julgamentos, os jurados têm autorização para buscar esclarecimentos sobre o caso, mas o juiz David Hodson começou a ficar desconfiado quando um homem de meia-idade fez um grande número de perguntas - 37 - e bastante detalhadas.

O jurado admitiu ter visitado a cena do crime por conta própria, tirando medidas e fotografias.

Ele também pesquisou técnicas usadas pela perícia com a ajuda da internet e compartilhou suas descobertas na cantina usada pelos jurados.

O julgamento deve ser retomado na terça-feira, assim que for instalado um novo júri.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG