Tamanho do texto

Os juízes que deixaram os cargos em 2007 por decisão do presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, quando deveriam se pronunciar sobre a legalidade da reeleição presidencial, voltarão a seus cargos no dia 12 de maio, anunciou nesta sexta-feira Nawaz Sharif, um dos líderes do novo governo.

Caso os juízes, em particular os da Suprema Corte, voltem a suas funções, poderão colocar novamente em dúvida a reeleição de Musharraf realizada em 6 de outubro do ano passado.

"Se Deus quiser, todos os juízes demitidos retomarão suas funções em 12 de maio", declarou, durante coletiva de imprensa em Lahore, o ex-primeiro-ministro que dirige agora o segundo maior partido da coalizão governamental, fruto da oposição a Musharraf e que venceu as legislativas de 18 de fevereiro.

str-jaf/cl

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.