Juíza decreta prisão de brasileiro acusado de assassinato na Espanha

Vigo (Espanha), 19 ago (EFE).- Uma juíza da cidade de Vigo, no noroeste da Espanha, decretou hoje a prisão preventiva do brasileiro Manuel D.

EFE |

D.S., de 44 anos, por suspeita de assassinato de sua companheira, Aelica D., de 25 anos e da mesma nacionalidade.

A juíza também decretou segredo de justiça para este caso, informaram à Agência Efe fontes judiciais.

O crime aconteceu no final da tarde de domingo em um apartamento em Vigo, onde Manuel supostamente a agrediu com um objeto até matá-la.

A prisão preventiva do brasileiro decretada pela juíza será comunicada a ele, e Manuel não poderá pagar fiança, disseram as mesmas fontes.

Manuel, que é acusado de assassinato, prestou depoimento hoje perante a juíza durante menos de uma hora na presença de um intérprete e deixou as instalações judiciais escoltado por dois agentes da Polícia de Vigo.

Segundo as mesmas fontes, Manuel se manteve tranqüilo o tempo todo e não cobriu o rosto. EFE rvf/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG