Juíza da Corte Suprema dos EUA é operada de um câncer

A juíza da Corte Suprema dos EUA, Ruth Bader Ginsburg, a única mulher a integrar, atualmente, o mais alto tribunal americano, foi submetida a uma cirurgia nesta quinta-feira, em Nova York, devido a um câncer de pâncreas. A informação foi divulgada há pouco por um porta-voz da Corte.

AFP |

Ela nasceu em 15 de março de 1933 e havia sido nomeada para o tribunal pelo então presidente Bill Clinton.

oh-mac/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG