Juiz permite que mãe colete sêmen de filho morto

A mãe de um jovem de 21 anos que morreu no fim de semana em Austin, no Estado americano do Texas, recebeu autorização para coletar o esperma do rapaz para que ele possa ter filhos no futuro.

BBC Brasil |

Após uma audiência de urgência na segunda-feira, o juiz Guy Herman ordenou que o corpo de Nikolas Colton Evans seja conservado até que seu esperma possa ser retirado.

Nikolas morreu no domingo após ser atacado durante uma briga em um bar. Para que a coleta seja realizada, o corpo do rapaz tem de ser preservado à temperatura de 4ºC.

Em entrevista ao jornal Austin American-Statesman, a mãe do rapaz, Marissa Evans, disse que ele queria ter três filhos e já havia, inclusive, escolhido os nomes: Hunter, Tod e Van.

"Eu quero que ele continue a viver. Quero guardar uma parte dele", disse ela ao jornal.

Mãe de aluguel

Uma urologista já se ofereceu para retirar o sêmen do rapaz e a coleta deverá ser realizada ainda nesta quinta-feira.

O esperma será guardado em um banco de sêmen até que uma mãe de aluguel seja encontrada.

Marissa Evans disse já ter recebido dezenas de ofertas e que pretende criar as crianças.

"Estou feliz por dar ao meu filho o que ele sempre quis", disse Marissa a o jornal. "Com dezenas de ofertas de mães, tias e avós, esta será a criança mais amada no mundo".

Leia mais sobre banco de sêmen

    Leia tudo sobre: filhas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG