Porto Príncipe, 11 fev (EFE).- O juiz que investiga dez americanos acusados de tentar tirar 33 menores ilegalmente do Haiti autorizou hoje a libertação dos detidos, informou a rádio Metropol.

O juiz Bernard Saint-Vil declarou ter assinado o pedido de liberdade apresentado pelos advogados dos detidos e o enviou à Promotoria que, de acordo com a lei haitiana, pode se pronunciar sobre a decisão, mas não anulá-la, diz a rádio. EFE gp/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.