Juiz multa hotel por mexer em cadáver na Martinica

FORT-DE-FRANCE, Martinica - Um juiz multou o proprietário de um hotel e um de seus funcionários por mexer em um cadáver depois que o corpo de um hóspede foi encontrado em um carro.

AP |

O funcionário do hotel Martinica disse aos investigadores que colocaram o corpo do homem de 59 anos em seu carro, estacionaram em uma casa próxima e ligaram o rádio. Uma mulher que se diz amante do falecido afirma que ele morreu de um ataque do coração enquanto faziam sexo.

No dia seguinte, o proprietário chamou a polícia para reportar um homem dormindo em um carro, de acordo com o testemunho que prestou à corte na terça-feira, dois anos depois do acontecido.

"Pegar um cadáver, transportá-lo, embarcar em uma mini tour, ligar o rádio, isso é tudo revoltante", disse o promotor Patrice Lemmonier. "As autoridades gastaram centenas de horas e muito dinheiro nessa investigação".

Os dois acusados terão que pagar um total de US$ 7 mil.

    Leia tudo sobre: motel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG