Juiz espanhol prossegue com investigação contra Israel

O juiz espanhol Fernando Abreu decidiu nesta segunda-feira, contra a opinião da procuradoria, prosseguir com a investigação de denúncias de crimes contra a humanidade contra Israel por um bombardeio em Gaza em 2002.

AFP |

A Audiência nacional, principal instância penal espanhola, pediu em 2 de abril o arquivamento provisório do caso, alegando que os fatos denunciados já haviam sido motivo de investigações em Israel.

O juiz Abreu decidiu não anteder as instruções por considerar por a justiça israelense não investigou os fatos e que, neste caso, a justiça espanhola continuaria sendo competente.

A abertura do processo em janeiro provocou a revolta de Israel e uma situação embaraçosa para o governo espanhol, que deseja ter um papel diplomático ativo em favor da paz no Oriente Médio.

pal-str/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG