Judô brasileiro fecha parceria com britânicos de olho em Londres-2012

De olho na Olimpíada de 2012, a seleção brasileira de judô passou três dias treinando em Londres, entre uma competição na Hungria e outra na Alemanha. A visita dos brasileiros, entre eles os medalhistas olímpicos Leandro Guilheiro e Tiago Camilo, deve ser a primeira de muitas à capital britânica.

BBC Brasil |

As confederações de judô dos dois países fecharam uma parceria que permitirá à equipe usar Londres como base em suas viagens à Europa e que já deu ao Brasil a chance de escolher o local onde vai se concentrar antes dos próximos Jogos Olímpicos.

Para Ney Wilson da Silva, coordenador técnico da seleção, esta parceria deixa os judocas brasileiros em vantagem para 2012.

"Vai haver muita procura pelos melhores lugares para se aclimatar antes dos Jogos e nós já fomos uns dos primeiros a escolher com calma e garantirmos um deles, na cidade de Sheffield", disse Silva à BBC Brasil. "A outra vantagem da parceria é que o judô britânico é forte e eficiente, mas diferente do brasileiro, que usa mais o vigor físico. Isso possibilita aos nossos atletas ganhar experiência para enfrentar esse estilo europeu de lutar."
Esperança de medalha
Do lado britânico, a diferença de estilos também é vista como uma oportunidade.

"Os brasileiros são conhecidos pela 'pegada' forte e a chance de treinar com eles vai me dar experiência e me ajudar nas competições internacionais", contou Kelly Edwards, judoca britânica da categoria ligeiro.

A equipe do Brasil aproveitou esta primeira visita a Londres para conhecer o local que vai abrigar o estádio olímpico, a vila olímpica e outros prédios dos Jogos de 2012.

"Imagino que isso aqui vai estar como uma cidade, com tudo pronto, os atletas concentrados, os setores de cada esporte", disse a piauiense Sarah Menezes, de 19 anos, atual campeã mundial júnior e uma das promessas de medalha para o Brasil na próxima Olimpíada. "É claro que eu sonho em estar aqui em Londres em 2012, mas até lá ainda tem muito chão."
O judô é um dos esportes que mais trouxe medalhas olímpicas para o Brasil, não tendo falhado desde os Jogos de Los Angeles, em 1984.

Na Olímpíada de Pequim, em 2008, a equipe conquistou três bronzes - um deles para Ketleyn Quadros, a primeira mulher brasileira a subir ao pódio olímpico pelo judô.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG