Jovens que planejaram chacina com em Columbine são absolvidos na Inglaterra

A justiça britânica absolveu nesta quarta-feira dois adolescentes que imaginaram realizar uma matança em sua escola na data do décimo aniversário do massacre de Columbine nos Estados Unidos.

AFP |

Matthew Swift, de 18 anos, e Ross McKnight, de 16, foram acusados de planejar um ataque contra sua escola perto de Manchester, no noroeste da Inglaterra.

Mas o júri de um tribunal de Manchester precisou de apenas 45 minutos para absolver os dois jovens, concordando com a defesa sobre o fato de que o projeto era uma fantasia produto da imaginação dos acusados.

O pai de Ross, Ray McKnight, se declarou "completamente aliviado" com o veredicto.

"Foi um purgatório, uma agonia. Nenhum dos dois tinham problemas com a polícia e eles passaram os últimos seis meses na prisão", acresentou.

A procuradoria construiu seu caso em torno de bolsas de explosivos, fotos dos dois autores da matança de Columbine e detalhes da roupa que vestiriam durante o ataque, tudo tirado dos diários pessoais dos dois adolescentes.

Em 20 de abril de 1999, dois alunos, Eric Harris e Dylan Klebold, mataram 12 colegas e um professor e fizeram outras 23 pessoas reféns no instituto Columbine, em Colorado, em um dos maiores massacres registrados em um centro de ensino dos Estados Unidos.

mt-lv/ra/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG