Uma pesquisa realizada na Grã-Bretanha indica que adolescentes populares na escola tendem a ganhar mais quando adultos. O estudo do Instituto de Pesquisas Sociais e Econômicas da Universidade de Essex analisou dados coletados no Estado americano de Wisconsin.

Eles acompanharam as carreiras de jovens garotos locais durante 35 anos.

Inicialmente, em 1957, os adolescentes tiveram de nomear até três melhores amigos na escola. Os cientistas então classificaram como populares os alunos mais citados - e como mais sociáveis aqueles que citavam três amigos.

Ao analisarem os salários desses mesmos homens ao longo de suas carreiras, os pesquisadores descobriram que a sociabilidade não tinha impacto, mas a popularidade, sim.

Segundo o estudo, para cada amigo que um jovem tinha na escola, seu salário 35 anos depois se mostrou 2% maior.

Os 50 mais populares chegaram a apresentar uma diferença salarial de 10% a mais do que o resto dos jovens.

Segundo Steve Pudney, um dos coordenadores da pesquisa, a descoberta enfatiza a importância crucial do desenvolvimento das habilidades sociais ainda na infância como base para o sucesso financeiro na vida adulta.

"O local de trabalho é um ambiente social, onde as pessoas têm que gerenciar umas às outras e trabalhar em equipes", explicou Pudney. "Por isso é importante adquirir habilidades sociais."
A pesquisa mostrou ainda que o ambiente familiar e o tamanho e tipo de escola também têm um papel significativo na formação das amizades.

Mas Pudney reconheceu que a inteligência e o grau de escolaridade do indivíduo ainda têm um impacto muito maior nos salários do que a sociabilidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.