Lima, 25 abr (EFE).- A Polícia antidroga do Peru deteve hoje no aeroporto Jorge Chávez de Lima um jovem que pretendia viajar ao Brasil com 28 quilos de cocaína escondidos no interior de um bote inflável.

Wilmer Ñauca, de 23 anos e nacionalidade peruana, foi detido na sala de embarque, onde ficou comprovado que no interior da lancha que levava havia cocaína processada.

O Peru é o segundo maior produtor de cocaína do mundo, atrás da Colômbia, segundo cálculos das Nações Unidas.

Espanha e Holanda são os principais destinos da cocaína peruana, que também é distribuída em países da região como Brasil, México e Argentina. EFE tg-amr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.