GAZA (Reuters) - Uma adolescente palestina morreu vítima de uma bomba que explodiu na Faixa de Gaza, controlada pelo grupo militante Hamas, nesta quinta-feira. Funcionários do hospital e autoridades do Hamas disseram que a bomba foi disparada por um tanque de Israel.

Autoridades militares israelenses disseram que uma investigação inicial mostrou que a menina foi provavelmente atingida por um morteiro disparado acidentalmente por militantes palestinos durante confronto com soldados perto de um posto de fronteira.

Funcionários de um hospital palestino disseram que outras três pessoas ficaram feridas quando uma bomba explodiu perto de uma casa no campo de refugiados de al-Bureij, na região central da Faixa de Gaza, matando a menina.

A fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza está relativamente calma desde que Israel encerrou uma incursão de três semanas no território palestino em janeiro.

(Reportagem de Saleh Salem)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.