WELLINGTON, 03 de fevereiro (Reuters Life!) - Uma adolescente neozelandesa de 14 anos foi louvada por enfrentar um tubarão com sua prancha de bodyboard depois de ser mordida. O tubarão mordeu Lydia Ward no quadril quando ela estava de pé no mar, com água à altura da cintura, em uma praia próxima à cidade de Invercargill (sul da Nova Zelândia), nesta segunda-feira, informou o jornal Southland Times.

Ward bateu na cabeça do tubarão até que ele a soltou, uma reação que foi elogiada pela mãe.

"Não consegui acreditar na falta de desespero. Eu teria gritado histericamente mas não, não houve gritos. Ela estava simplesmente de pé lá, e parecia pouco abalada", disse a mãe, Fiona Ward, ao Southland Times.

Ward, que não foi ferida gravemente pelo ataque, disse que sentia-se como se o incidente não ocorreu realmente.

"Eu vi a cara do meu irmão e virei para o lado e vi essa coisa grande e cinza na água então eu simplesmente bati na cabeça (do animal) com a prancha de bodyboard", disse Ward.

Estimava-se que o tubarão tivesse 1,5 metro de comprimento.

(Reportagem de Adrian Bathgate)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.