Jovem morre espancado em centro para viciados em internet na China

Um adolescente chinês teria sido espancado até a morte em um campo de reabilitação para viciados em internet, de acordo com a imprensa do país.

BBC Brasil |

Alguns funcionários do campo Oihang, na cidade de Naning, no sul do país, foram detidos em ligação com o ocorrido, segundo disse o pai do garoto Deng Senshan, de 15 anos, ao jornal Global Times.

O campo havia prometido supervisionar Senshan 24 horas por dia. Ele teria sido espancado na noite de sábado, após ter sido sido mantido em solitária durante o dia.

De acordo com o jornal China Daily, os pais do garoto assinaram um documento concordando que "o centro pode adotar procedimentos necessários para educar o adolescente, incluindo punições, desde que não sejam exageradas ou afetem sua saúde".

Pandemia

A China está tomando uma série de medidas para combater o que percebe ser uma pandemia de víciados em internet.

Algumas estimativas calculam que 10% dos 100 milhões de usuários de internet podem estar viciados e vem aumentando o número de centros de reabilitação disponíveis.

Mas não existe consenso sobre como tratar o vício. No mês passado, o Ministério da Saúde baniu oficialmente o uso de eletrochoques como terapia.

Leia mais sobre vício em internet

    Leia tudo sobre: internetvício

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG