Jovem é acusado por fazer alertas falsos de bomba nos EUA

Um americano de 16 anos foi denunciado por conspiração por fazer pela Internet uma série de alertas de bomba contra universidades, colégios e até contra o FBI, informou nesta quarta-feira o departamento americano de Justiça.

AFP |

Apesar de ser menor, Ashton Lundeby responderá como adulto à acusação de "conspiração agravada" por enviar alertas de bomba a duas universidades de Indiana, uma na Carolina do Norte e uma em Massachusetts, revelou o departamento de Justiça.

O adolescente, que tinha cúmplices, também enviou alertas falsos aos escritórios do FBI no Colorado e na Louisiana.

Lundeby, conhecido como "Tyrone" na Web, vendia a outros internautas o áudio, em tempo real, da reação da polícia aos falsos alertas.

Também é acusado de "oferecer, por um valor simbólico", o fechamento temporário de colégios com seus falsos alertas.

As ameaças foram enviadas a instituições ou pessoas de cinco Estados diferentes, até 4 de março de 2009, dois dias antes da prisão de Lundeby pelo FBI.

O jovem utilizava seu computador pessoal, a partir de sua casa em Oxford, Carolina do Norte, segundo o departamento de Justiça.

mlm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG