Jovem cego é preso por dirigir bêbado e sem carteira pela terceira vez

MOSCOU - Um tribunal do distrito de Tartu, na Estônia, condenou a quatro meses de prisão condicional um jovem praticamente cego detido pela Polícia pela terceira vez por dirigir bêbado e sem carteira de motorista, segundo informou hoje a imprensa local.

EFE |

Kristjan Gradolf, de 21 anos, foi condenado a quatro meses de prisão sem cumprimento de pena, mas com um período de avaliação de dois anos, informou o jornal estoniano "SL Ohtuleht", citado pela agência russa "Interfax".

Curiosamente, o tribunal também decidiu suspender por dois anos a carteira de motorista de Gradlof, documento que o jovem jamais havia obtido, acrescenta a fonte.

"Isso significa que, independentemente de a pessoa ter ou não carteira, o tribunal priva o infrator do direito de dirigir", explicou o promotor Margus Lellep.

O jovem infrator foi detido na madrugada de 27 de abril na cidade de Tartu, cerca de 190 quilômetros ao sudeste da capital, quando viajava acompanhado do amigo Sven, proprietário do veículo, e dois anos mais velho que ele que, também bêbado, identificava o caminho para o jovem praticamente cego.

Gradolf disse à imprensa que jamais se atreveria a realizar seu sonho em estado sóbrio, assim que a coragem da qual precisava ele a encontrava no álcool, que por sua vez servia de agravante para a infração.

    Leia tudo sobre: bizarro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG