O adolescente que atacou com explosivos uma loja da cafeteria Starbucks em Nova York, no dia 25 de maio passado, se inspirou no filme O Clube da Luta, informou a polícia nesta quarta-feira.

Kyle Shaw, de 17 anos, foi preso na terça-feira sob a acusação de explodir uma bomba caseira, que deixou danos leves na loja do Starbucks no bairro de Upper East Side, em Manhattan, no feriado do Memorial Day, revelou o comissário Raymond Kelly.

Segundo Kelly, Shaw agiu inspirado no filme de 1999 protagonizado por Brad Pitt e Edward Norton, "O Clube da Luta".

O jovem, inclusive, teria organizado seu próprio clube de luta, que se reunia no Central Park para brigar.

"Como o personagem de Brad Pitt", Shaw disse que queria expandir seu clube com um "projeto caos", que no filme incluía ataques contra símbolos das corporações americanas", destacou Kelly.

O comissário lembrou que no filme "um Starbucks figura entre os alvos" dos ataques, descrito como "uma franquia de cafeteria" sob o nome de "Gratifico".

Segundo Kelly, o adolescente disse a seus amigos antes do atentado que observassem a TV no Memorial Day, e fabricou a bomba caseira com uma garrafa plástica cheia de pólvora.

ltl/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.