Londres, 30 abr (EFE).- Um jovem de 19 anos acusado de vários crimes de terrorismo após sua detenção em Bristol, oeste da Inglaterra, deverá permanecer em prisão preventiva até 23 de maio, determinou hoje o tribunal de Westminster, em Londres.

Andrew Ibrahim, estudante convertido ao Islã, foi detido em 17 de abril em seu apartamento em Bristol, onde as forças da ordem realizaram três explosões controladas.

Em uma breve audiência hoje no tribunal, os magistrados determinaram a prisão preventiva até 23 de maio, quando o acusado deverá se apresentar outra vez à Justiça.

O jovem é acusado de posse de substâncias explosivas e objetos para fins terroristas, assim como de ter intenção de cometer atentados, afirmou a Polícia. EFE vg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.